APROBIO celebra 10 anos em evento na capital federal


Ontem (30 de junho) a Associação de Produtores de Biodiesel comemorou 10 anos em um evento realizado no Clube Naval de Brasília, com a presença de ministros de estado, senadores, deputados federais e embaixadores estrangeiros.


Na ocasião , Erasmo Batistella deixa a presidência e o Ex-ministro da agricultura, Francisco Turra assume o comando da associação.


O biodiesel é considerado um patrimônio nacional e o Brasil é um dos maiores produtores e consumidores . Ricardo Feistauer – Diretor de Relações Institucionais da ECB Holding S/A recebeu o selo de qualidade da Aprobio na produção de Biodiesel da Unidade de Marialva Paraná – Unidade da BSBIOS S/A


A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (APROBIO) é uma entidade de representação corporativa e institucional dos produtores de biocombustíveis do país e de disseminação de conhecimento, pesquisa e informação

Fundada em junho de 2011, tem como associadas as empresas de capital nacional que atuam no setor de produção de biodiesel e outros biocombustíveis. A APROBIO pauta suas ações de modo a disseminar os benefícios econômicos, sociais e ambientais das fontes de energia alternativas para uso no setor de transportes e afins.


O biodiesel brasileiro, por exemplo, é um produto consolidado da matriz energética nacional, com um importante papel na substituição de combustíveis fósseis, na geração de emprego e renda no campo e na industrialização e agregação de valor nas cadeias produtivas Biodiesel (PNPB), em dezembro de 2004, o Brasil tornou-se o segundo maior produtor e consumidor mundial de biodiesel, assumiu compromissos de redução de emissões de gases de efeito estufa no Acordo de Paris (COP-21) e instituiu a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), um dos maiores programas do mundo de transição de matriz energética e uso de fontes alternativas em substituição aos combustíveis fósseis.


A APROBIO participa ativamente de grupos de trabalho para melhoria da qualidade dos biocombustíveis, formulação e implementação de políticas públicas, marcos regulatórios e fomentos ao setor, entre outras vertentes. Também faz parte do escopo de articulação da entidade o fortalecimento institucional da representatividade setorial, contribuindo, por exemplo, com a formação da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel, criada no Congresso Nacional em 2011 e renovada nas duas legislaturas seguintes, em 2015 e em 2019.


Cadeia Produtiva


O setor econômico abrange agricultores familiares, produtores rurais em geral e de soja em especial, fornecedores de equipamentos, agroindústrias de extração de óleo vegetal e farelos, indústrias de insumos químicos, fornecedores de gorduras animais descartadas, de tecnologias e serviços relacionados à produção

De 2019 para 2020, a produção de biodiesel cresceu 8,7% e a capacidade de produção 9,4%.






O MUNDO DIPLOMÁTICO