Liga Árabe condena Plano de Trump para Israel e Palestina e afirma que não apoiará

Foi anunciado neste sábado, pela Liga Árabe, a rejeição ao Plano do Presidente americano Donald Trump na resolução do conflito Israel-Palestina.


Em reunião realizada no Cairo (Egito) na manhã deste sábado, os países Árabes consideraram o plano injusto, afirmando também que não respeita os direitos fundamentais do povo Palestino. Os Ministros de Relações Exteriores dos países Árabes, emitiram um comunicado onde afirmam que não vão cooperar com a implementação do Plano de De Trump. Segundo informações da Liga o Plano fere a iniciativa de 2002, e a decisão da criação de dois estados, um Israelense e um Palestino.


Ontem, o Presidente Turco Tayip Erdogan, também manifestou a sua indignação em relação ao plano que considera uma afronta as resoluções internacionais e dos direitos básicos do povo Palestino.


A Jornalista Fabiana Ceyhan, Afirma que a ideia de transformar Jerusalém na Capital de Israel, é uma tentativa deapagar a História, já que o Estado de Israel é novo fundado em 1947.


Matéria de Fabiana Ceyhan com Informações da Liga Árabe

O MUNDO DIPLOMÁTICO